Homem preso por abuso sexual se submeterá espontaneamente à morte por eutanásia




Van den Bleeken é tratado há vários anos por psiquiatras, que afirmam que ele está doente psiquicamente e sofre gravemente com sua detenção © Foto: Herman Ricour/AP

    Cidade de Bruxelas, EFE Brasil – Frank Van den Bleeken, preso há quase 30 anos por vários delitos de abuso sexual, se submeterá à eutanásia no dia 11 de janeiro na prisão de Bruges, informa neste sábado o jornal belga ‘De Morgen’. O detento de 51 anos se dirigiu à Justiça para obter uma autorização necessária antes de assinar um acordo com o Ministério Público.

    Van den Bleeken é tratado há vários anos por psiquiatras, que afirmam que ele está doente psiquicamente e sofre gravemente com sua detenção.
    O preso é igualmente consciente que, sem um tratamento adaptado a suas necessidades, continuará sendo um risco para a sociedade, indicou a imprensa local.
    Em setembro, o tribunal de apelação de Bruxelas tomou ata do acordo fechado entre Van den Bleeken e o Ministério Público, o que atraiu uma grande atenção midiática sobre o caso.

    Após este procedimento judicial, qualificado então de ‘inédito’ pela imprensa belga, pelo menos outros 15 presos seguiram seu exemplo e solicitaram a eutanásia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *