Cigarro: apague essa ideia

No final dos anos 80 a nicotina foi reconhecida como a mais poderosa droga adictiva (causadora de dependência) de uso comum. Ela mina lentamente a saúde de todos os que a usam. As mortes atribuídas à nicotina, atualmente, passam de 1.000 por dia, nos países do Primeiro Mundo. Sabe-se hoje que fumar também afeta a saúde das pessoas que convivem com o fumante, inclusive bebês em gestação.

Estudos mostram que uma grande porcentagem das pessoas que param acabam voltando a fumar. O que se ouve destas pessoas é que parar fica mais difícil – quase impossível – na segunda ou terceira vez. Força de vontade e determinação deixam de ser suficientes para superar o hábito. A nicotina é uma droga extremamente adictiva.  (Fonte: www.fumantesanonimos.com.br)

31 de maio: Dia Mundial de Combate ao Fumo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *