O discurso de Lula antes de ser preso

São Paulo, UOL – Em um longo discurso de 55 minutos para militantes, em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo), no sábado (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez duras críticas ao juiz federal Sergio Moro, ao Ministério Público, à Polícia Federal e à imprensa.
Apesar das críticas, o petista disse não ser contra a Operação Lava Jato. “Não pensem que eu sou contra a Lava Jato, não. A Lava Jato, se pegar bandido, tem que pegar bandido que roubou e prender. Todos nós queremos isso. Todos nós, a vida inteira, dizíamos: ‘[No Brasil] Só prende pobre, não prende rico’. E eu quero que continue prendendo rico”, afirmou.
Ao final de seu discurso, disse acreditar que “sairá dessa” e que vai provar sua inocência. “Sairei dessa maior, mais forte, mais verdadeiro e inocente porque quero provar que eles é que cometeram um crime”, disse o ex-presidente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *