Jovens Comunicadores realizaram encontro nacional em Brasília

Watch live streaming video from webtvnovaalianca at livestream.com

Brasília, CNBB – Quase duzentos jovens hiperconectados, cercados de celulares e computadores, todos católicos e cheios de expectativas participaram em Brasília, do dia 18 a 20 de maio, do Seminário Nacional de Jovens Comunicadores. Com o tema “Jovens Católicos: Comunicação que transforma vidas”, o evento foi promovido pelas comissões para a Comunicação e para a Juventude, da CNBB.

Na abertura do seminário, o Secretário-geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, disse que Deus deu a cada um de nós uma estupenda vocação, ao fazer de todos nós comunicadores de sua mensagem. “ Nós não comunicamos apenas dados, nós comunicamos vida, aquilo que nós somos, a verdade da nossa vida”.
O presidente da Comissão para a Comunicação, Dom Dimas Lara Barbosa, disse que os jovens são protagonistas do processo comunicativo no mundo atual e recordou que a preocupação com a comunicação é antiga na Igreja. Ele destacou especialmente a mensagem do Papa Bento XVI para o Dia Mundial das Comunicações, celebrado neste domingo (20), com o tema Silêncio e Palavra: caminho de evangelização. “É no silêncio que a criatividade desabrocha”, observou.

A expectativa do presidente da Comissão para a Juventude, Dom Eduardo Pinheiro, é de que o seminário ajude a Igreja e a sociedade a compreender mais o que se passa na cultura juvenil, que é permeada pela cultura midiática. Segundo ele, a Igreja quer entender os projetos do jovem, seus pensamentos, as novas maneiras de se relacionarem, e conclamou os presentes a ajudarem todos a conhecer, compreender e viver o projeto de Deus, de vida plena para todos.

O jornalista Tiago Miranda, da Agência Câmara e da equipe Jovens Conectados, também participou da abertura e falou da forma como a comunicação pode mudar vidas. Na manhã de sábado, os participantes acompanharam uma videoconferência com o presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, dom Cláudio Maria Celli.

ENCERRAMENTO
Uma missa no domingo, 20, presidida pelo presidente da Comissão Episcopal para a Juventude, dom Eduardo Pinheiro, no Santuário Dom Bosco marcou o encerramento do Seminário para Jovens Comunicadores.
O seminário foi o resultado de uma parceria entre as comissões episcopais para a Juventude e Comunicação. Neste domingo, os trabalhos começaram com uma partilha, coordenada pela assessora da Comissão para a Comunicação, Ir. Élide Fogolari. Os jovens destacaram um aspecto importante sobre o modo de comunicar a vida cristã no exercício profissional: o testemunho.

Tal aspecto foi ressaltado pelo padre Antonio Spadaro, que foi um dos assessores do Seminário. Ele afirmou que sentiu nos jovens brasileiros um profundo desejo de ajudar a Igreja na comunicação, e recomendou. “Estejam sempre com a cabeça, o coração e os olhos abertos. Evangelizamos melhor se escutamos as pessoas, o que elas pensam, assim como fez Jesus com no caminho de Emaús”. Ele também destacou que a caridade deve ser a marca da ação dos jovens comunicadores. “O importante é fazer poucas coisas, mas fazê-las bem”.

Em seguida, a Comissão para a Juventude apresentou as suas diversas atividades, como o projeto Jovens Conectados e os preparativos para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro em 2013. Dom Eduardo enfatizou que tais iniciativas são exemplo da opção afetiva e efetiva da Igreja pelos jovens. “A Jornada não pode ser um evento de uma semana. Mas a movimentação pré e pós Jornada são muito importantes na formação de jovens apaixonados, verdadeiros discípulos missionários de Jesus Cristo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *