Assembleia nos EUA elege padre argentino o 25º sucessor de São Vicente de Paulo


    Chicago – Estados Unidos (Gaudium Press) – A 42ª Assembleia Geral da Congregação da Missão (padres vicentinos), aconteceu na Universidade de De Paul, em Chicago, EUA, com encerramento no dia 15 de julho. Foi a primeira vez que a Assembleia, que teve início no dia 27 de junho, se realizou em um lugar fora da Europa. A Assembleia elegeu o padre argentino Tomaž Mavrič, no dia 5 de julho, novo Superior Geral dos Vicentinos para os próximos seis anos. Mavrič também será superior-geral da Companhia das Filhas da Caridade e coordenador internacional da Família Vicentina (Famvin).

    O lema da Assembleia é: “Deixemo-nos renovar pela vitalidade missionária de nossa vocação vicentina”. O tema, “A Congregação da Missão: quatrocentos anos de fidelidade ao seu carisma e a nova evangelização”.

    A Congregação da Missão foi fundada por São Vicente de Paulo na França em 1625 e tem como objetivo principal as missões entre os pobres e a formação do clero. Atualmente a congregação conta com 3.187 membros que servem em 85 países. (GPE/EPC)

    Do Brasil, participaram o Pe. Mizael Poggioli, CM, que junto ao Provincial Pe. Fabiano Spisla, CM, representaram a Província na 42ª Assembleia Geral da Congregação da Missão Chicago 2016.



Novo sucessor de São Vicente de Paulo

    O padre argentino Tomaž Mavrič, eleito no dia 5 de julho, é o 25º superior-geral da instituição criada por São Vicente de Paulo, que hoje conta com cerca de 3.100 padres em todo o mundo. Mavrič também será superior-geral das Companhia das Filhas da Caridade e coordenador internacional da Família Vicentina.

    O novo líder vicentino tem 56 anos e, apesar de ser argentino, sua família tem origem eslovena. Em 1945 seus pais fugiram do regime comunista na Iugoslávia, ficaram num campo de refugiados na Áustria até chegar ao país sulamericano, em 1948.

    Estudou em escolas vicentinas na Argentina e, depois de concluir o 2º grau (atual ensino médio), voltou para a Eslovênia e entrou para o seminário da Congregação da Missão, sendo ordenado padre em 1983.

    Como missionário vicentino já trabalhou no Canadá, Ucrânia, Eslováquia, Irlanda, Rússia e Eslovênia. Seu último cargo antes de ser eleito superior-geral foi de vice-visitador da Província de São Cirilo e Metódio, localizada na Eslovênia.

    O Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo deseja sucesso ao novo superior-geral e já oferece orações a Deus para que o padre possa desempenhar seu trabalho iluminado pelo Espírito Santo e pelos santos e beatos da Família Vicentina.

Fonte: Da Redação do SSVPBRASIL, com informações do site Famvin.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *